Continuaremos a falar sobre a criação de um blog perfeito.

Se não viu a última postagem, confira aqui:

Depois de definir o assunto e o título…

Uma vez que temos o assunto e o título da publicação definida, partimos para o próximo passo.

Formatação do texto

O Tio Google e os usuários precisam entender o texto facilmente

Quando se trata de publicações em blogs, os espaços vazios são nossos amigos. Eles permitem que o visitante se concentre no conteúdo.

É importantíssimo evitar escrever parágrafos enormes que formam imensos blocos de texto.

Se os parágrafos ficarem muito extensos eles deixam o texto muito denso e difícil de ler. Veja bem a forma que escrevemos este artigo! Fácil de ler, não é mesmo? 😉

Apesar deste texto possuir mais de 600 palavras, ele não parece muito difícil de ler, concorda?

Utilizamos cabeçalhos para tornar o texto “escaneável”

Veja como utilizamos nossos cabeçalhos em ordem de importância. O maior subtítulo fica grande e os subtítulos seguintes vão diminuindo conforme sua importância no texto.

Esta estrutura é da linguagem de marcação HTML (Hyper Text Markup Language) que possibilita escrever textos mais digeríveis.

Utilizamos negrito nas partes importantes

O uso do negrito é extremamente importante! Ele dá ênfase no que realmente importa!

A utilização do negrito já foi mais valiosa, há algum tempo atrás, mas ainda hoje se faz importante não só para o usuário mas também para o querido São Google.

Incluímos imagens para quebrar o texto

As imagens também facilitam a leitura incrementando a legibilidade do texto. Publicações que não utilizam imagens ficam muito pesadas e difíceis de ler e “escanear”.

Fotos e ilustrações capturam a atenção dos leitores e incrementam a “escaneabilidade” do texto. Procuramos colocar uma em cima de cada publicação para atrair a atenção dos usuários para lerem mais.

As imagens não precisam ilustrar diretamente o que trata a publicação mas precisa ter alguma ligação com ela.

Otimização do texto para os mecanismos de busca – SEO

SEOQuando Tio Google chega para verificar sua publicação, ele não “lê” cada uma das palavras. Em vez disso, ele dá uma scaneada em certas partes para tentar entender do quê você está falando e captar a confiabilidade do conteúdo.

Uso da palavra-chave de cauda longa

Otimizamos sua publicação colocando a palavra-chave de cauda longa no título da página e no título da publicação, que geralmente é a mesma coisa.

A palavra-chave também deve estar presente no endereço da página (URL), no texto alternativo das imagens do post, nos cabeçalhos e, claro, no corpo do texto.

A ideia é encontrar uma forma de não repetir a palavra-chave de cauda longa mas fazer com que o texto seja fluido contendo a palavra e uma série de variações dela.

Podemos quebrar a palavra-chave em várias outras, utilizar sinônimos e variações desta palavra. Tio Google é muito espertinho e vai entender do que se trata o texto. 😉

Criação dos links internos e externos

Uma última atitude importante na otimização da sua publicação é a criação dos links para outras páginas do seu site e também para outros sites.

Apesar de parecer um pouco contraditório, a criação de links para outros sites é uma prática importante já que os próprios Webmasters do Google recomendam fazê-lo. Basta não exagerar: usamos no máximo um ou dois links por parágrafo.

Isto é tudo sobre a formatação e otimização das suas postagens.

No próximo artigo vamos falar sobre a geração de leads com seu blog. Vamos ver sobre a promoção de ofertas nas publicações visando o incremento da geração de leads. Até lá! 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *